As Cerejeiras (Sakuras)

Muitas pessoas desejam minimizar os sinais trazidos pelo envelhecimento cutâneo e se empenham para manter uma aparência jovem e saudável. Hoje a dermatologia assumiu um papel importante nesse comportamento social, possibilitando o alcance desses objetivos.

Como dermatologista me preocupo em posicionar meus pacientes para que durante essa busca, não percam a essência da sua beleza. Nada é realmente belo se desprovido de significados.

Que os pés estejam no chão.

Por isso escolhi as cerejeiras para ilustrar meu trabalho.

As Sakuras representam a beleza perfeita, porém efêmera e a apreciação da vida que se inicia e se encerra em ciclos.

O Japão floresce do sul ao norte entre abril e maio e seus expectadores não têm somente um espetáculo visual, mas também uma época cheia de simbolismos, o início de uma nova fase, cheia de esperança.

O vento derruba as folhas delicadas da Sakura e uma chuva de pétalas forma um imenso tapete colorido. A flor da cerejeira dura em média sete dias e a observação da florada é um ritual importante e familiar que se chama Hanami.

No antigo código dos Samurais, as Sakuras representam a intensidade e a brevidade da vida desses leais soldados.

Se aprendermos com essa filosofia, aceitaremos melhor as mudanças como parte de cada ciclo. Apreciaremos as muitas oportunidades em cada um deles e viveremos com paixão e esperança (não é essa a verdadeira juventude?) o tempo que nos for dado.

Grande abraço.
Dra. Marcia Mayko Kobayashi